Total de visualizações de página

PESSOAS QUE GOSTAM DESTE SITE

25 março 2015

CANTORA KAUANNE MONTEIRO - DVD KIDS - AGENDAS 2015






A cantora Kauanne Monteiro acaba de lançar o DVD Kids, são 10 músicas com mensagens muito educativas. Todos os clips estão com belíssimos efeitos 3D para a criançada cantar e se divertir. Conheça este lindo material voltado para o público infantil.



CONTATOS PARA AGENDA
(63) 84070979 - Oi (Whats app)
(63) 81264038 - Tim



Música: Noé e a bicharada








Música: Drogas, sai pra lá







DOAÇÕES PARA REFORMA DA IGREJA - COM URGÊNCIA



Amados, recebi um pedido de ajuda para REFORMA DA IGREJA em Bujumbura – Burundi (África), presidida pelo pastor Augustin. O Reverendo pastor pede ajuda com urgência, pois o telhado da Igreja não suportará as próximas chuvas. Veja as fotos logo abaixo.


Aqueles que puderem contribuir com essa Obra Missionária, podem utilizar os dados abaixo para enviar diretamente ao pastor sua oferta. Deus vos abençoe!

Pr. Ismael Pereira de Oliveira


____________________________

Para enviar doações através do (Western Union). O Banco do Brasil oferece esse serviço.

AUGUSTIN HAKIZIMANA
8 Eme Av No 34 CIBITOKE
TEL:(+257) 79560049
BUJUMBURA – BURUNDI


__________________




________________________________ 


Fotos da igreja que precisa ser reformada





LIÇÃO 13 - HAVERÁ UMA SEGUNDA VINDA DE JESUS? SUBSÍDIOS / REVISTA DA CLASSE JUVENIS








Aula ministrada pelo professor Olimpio Pereira












LIÇÃO 13 - EU CREIO NA VIDA APÓS A MORTE / SUBSÍDIOS / REVISTA DA CLASSE JOVENS







AULA MINISTRADA PELO PASTOR FERNANDO TAVARES










LIÇÃO 13 - A IGREJA E A LEI DE DEUS / SUBSÍDIOS / REVISTA DA CLASSE ADULTOS





AULA MINISTRADA PELO PR. DR. CARAMURU AFONSO FRANCISCO
 Acesse (www.portalebd.org.br)












Aula ministrada pelo teólogo e professor Fábio Segantin
Acesse (www.fabiosegantin.blogspot.com.br)











Aula ministrada pelos professores da Assembleia de Deus em Londrina
(Acesse: www.adlondrina.com.br)












Aula ministrada pelos professores da EBP EM FOCO












 Canal EBD Tube
(https://www.youtube.com/c/ebdtube)











Aula ministrada pelo Evangelista Luiz Henrique

Acesse (http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/ebd-henr.htm)








































LIÇÃO 13 - A IGREJA E A LEI DE DEUS / SLIDES DA LIÇÃO / REVISTA DA CLASSE ADULTOS




LIÇÃO 13 - A IGREJA E A LEI DE DEUS






TEXTO ÁUREO
"Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma! Antes, estabelecemos a lei." (Rm 3.31)




VERDADE PRÁTICA
O Senhor Jesus definiu de maneira clara a relação entre o Antigo e o Novo Testamento, entre a Lei e o Evangelho.







INTRODUÇÃO


A "lei de Deus" no presente estudo diz respeito a todo o Pentateuco e não apenas aos Dez Mandamentos, pois o Decálogo é parte da lei. A lei de Moisés não consiste apenas num compêndio religioso, pois trata de profecias, histórias, registros genealógicos e cronológicos, regulamentos, ritos, cerimônias, exortações morais, civis e cerimoniais, sacerdotes, sacrifícios, ofertas, festas e o tabernáculo. Há nela a base e a estrutura social e política do Estado. É inegável a sua contribuição na legislação de todos os povos da terra, daí a sua influência no Estado e na Igreja.








I - O QUE SIGNIFICA "CUMPRIR A LEI"?


1. Completar a revelação. Jesus disse que veio cumprir a lei e os profetas (5.17). O que significa isso? O verbo grego para "cumprir" é pleroo e significa "cumprir, completar, encher". Devemos recordar o sentido de torah, estudado na lição 1, como instrução revelada no Sinai. Ao longo do trimestre, vimos os aspectos teológico e ético do Decálogo. O Antigo Testamento contém instrução e doutrina sobre Deus, o mundo e a salvação, mas sua revelação é parcial. A manifestação do Filho de Deus tornou explícito o que antes estava implícito, e assim o Senhor completou a revelação (Hb 1.1,2).




2. Cumprimento das profecias. Jesus iniciou o seu ministério terreno dizendo: "o tempo está cumprido" (Mc 1.14,15). Diversas vezes encontramos no Novo Testamento, a declaração como: "Isso aconteceu para que se cumprisse a Escritura" (Jo 19.36), ou fraseologia similar, principalmente no Evangelho de Mateus (Mt 1.22; 2.17,19; 4.14) dentre outras citações. As profecias se cumpriram em Cristo.




3. O centro das Escrituras. A provisão do Antigo Testamento sobre a obra redentora de Deus em Cristo é rica em detalhes. Os escritores do Novo Testamento reconhecem a presença de Cristo na história da redenção. O Espírito Santo conduziu a Revelação na vida do povo israelita de tal maneira que os apóstolos puderam observar cada pormenor na vida e no ministério terreno do Senhor Jesus Cristo. A ideia cristológica está completamente embutida na lei e nos profetas. Todo o pensamento bíblico gira em torno de Jesus (Rm 1.2; 10.4). Todo o Antigo Testamento converge para o Senhor Jesus; Ele mesmo reconhecia isso (Lc 24.44).












II - O SENHOR JESUS VIVEU A LEI


1. Preceitos cerimoniais. Veja a explicação dos preceitos cerimoniais, civis e morais na lição 2 e seu cumprimento na vida e na obra de Cristo. O Senhor Jesus cumpriu o sistema cerimonial da lei na sua morte (Mt 27.50,51; Lc 24.46). As instituições de Israel com suas festas, os holocaustos e os diversos tipos de sacrifícios da lei de Moisés eram tipos e figuras que se cumpriram em Cristo (Hb 5.4,5; 1 Co 5.7). Assim, as cerimônias cessaram, mas o significado foi confirmado (Cl 2.17).





2. Preceitos civis. Lutero dizia que a função civil da lei ainda continua para manter a ordem e o bem-estar da sociedade. Segundo Martyn Lloyd-Jones, Jesus cumpriu também o sistema jurídico da lei. Com sua morte, Ele transferiu os privilégios de Israel para a Igreja (Êx 10.6,7; 1 Pe 2.9,10). Jesus disse às autoridades judaicas que "o Reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que dê os seus frutos" (Mt 21.43). Com isso, Israel deixou de ser um Estado Teocrático. A Igreja é a plataforma de Deus na Terra para anunciar a verdade (1 Tm 3.15).




3. Preceitos morais. Os Dez Mandamentos são representados pelos dois grandes mandamentos: amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos (Mc 12.28-33). Na verdade, toda a lei e os profetas nisso se resumem (Mt 22.40). Trata-se de uma combinação de duas passagens da lei (Dt 6.4,5; Lv 19.18). São preceitos que foram resgatados na Nova Aliança e adaptados à graça, de modo que a Igreja segue a lei de Cristo, a lei do amor, e não o sistema mosaico (Rm 6.14; 13.9,10; Gl 5.18). O Senhor Jesus cumpriu todos esses mandamentos durante a sua vida terrena.









III - A LEI NÃO PODE SER REVOGADA


1. Jesus revela seu pensamento sobre a lei. Talvez o discurso de Jesus sobre as bem-aventuranças tivesse deixado dúvida sobre a posição de Cristo a respeito da lei e dos profetas. Ele não era um reacionário; nasceu conforme a lei e viveu de acordo com ela (Lc 2.21-24; 4.15,16; Gl 4.4). Jesus falou de maneira direta que não veio revogar a lei e nem os profetas, mas veio para os cumprir (Mt 5.17). Havia chegado o momento de esclarecer seu pensamento sobre a lei.





2. "Até que o céu e a terra passem". Jesus disse que "até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido" (Mt 5.18). O jota é a menor letra do alfabeto hebraico; ocupa a metade da linha na escrita, é a décima letra e se chama iode. O til é um sinal diacrítico para distinguir uma letra da outra. Nenhuma parte da lei passará, nenhuma letra ou parte dela ficará em desuso até que tudo se cumpra. Como disse o pastor John Stott, "a lei tem a duração do universo".





3. O menor mandamento (Mt 5.19). Há muita discussão sobre esta questão. Uns acham que Jesus se referia ao jota e ao til; outros, aos preceitos cerimoniais. Havia longos debates entre os rabinos da época sobre os mandamentos mais leves e mais pesados. Eles consideravam mandamento leve não tomar a mãe com os filhotes num ninho (Dt 22.6). Parece existir, sim, na lei, mandamento de maior ou de menor significância (Mt 23.23). Porém, não é disso que Jesus está falando aqui, pois o enfoque é sobre o anular a autoridade da lei e ensinar que ela pode ser ignorada. O verbo grego é lyo, cuja ideia básica é "desatar, desamarrar, soltar", empregado mais adiante para "anular" (Jo 10.35).













IV - A LEI E O EVANGELHO


1. O papel da lei. Ninguém é justificado pelas obras da lei (Gl 2.16). A função dela não é salvar, mas nos conduzir a Cristo (Gl 3.11,24). Ela veio para revelar e condenar o pecado (Rm 3.20; 7.7). Deve o cristão anular a lei? A resposta paulina é: "De maneira nenhuma! Antes, estabelecemos a lei" (Rm 3.31). O que isso significa? Que a fé cristã não é antinomianista, do grego anti "contra"; nomos, "lei". Isso diz respeito aos que erroneamente pregavam que a graça dispensa a obediência. O apóstolo refutou tal ideia a vida inteira (Gl 5.13).




2. Jesus e Moisés estão do mesmo lado. O termo "lei" na língua hebraica é torá, e isso já foi estudado na lição 1. Ali aprendemos também que esta palavra vem de um verbo que significa "instruir, ensinar". Por essa razão, a palavra "lei", às vezes, refere-se às Escrituras Sagradas (1 Co 14.21). Esse parece ser o sentido aqui, pois o apóstolo Paulo estava falando do Antigo Testamento (Rm 3.19). Porém, a possibilidade de uma aplicação ao Pentateuco não é descartada, nesse caso, pois a frase "antes, estabelecemos a lei" (Rm 3.31b) não significa servidão ao sistema mosaico, mas que a fé confirma a lei, visto que o Evangelho justifica aqueles a quem a lei condena (Rm 8.4; 13.10).





3. A justiça dos fariseus. Jesus não está desafiando os seus discípulos a seguirem os escrúpulos legalistas dos escribas e fariseus quando afirma: "se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no Reino dos céus" (Mt 5.20). Antes, ensina que a vida no Espírito requer comunhão com Deus de maneira abundante e profunda, e assim sendo, nenhum dos rabis a experimentou (Rm 8.8-11).










CONCLUSÃO


Encerramos o trimestre conscientes de que Jesus não revogou a lei, mas a cumpriu. Aprendemos também que não há discrepância entre Jesus e Moisés e que a lei permanece até a consumação dos séculos, pois a fé cristã não é antinomianista e muitos preceitos do sistema mosaico reaparecem no Novo Testamento, mas adaptados à graça, pois fomos libertos da lei (Rm 3.28; Gl 5.1).















------------------------------------------------
Referências


Revista Lições Bíblicas. OS DEZ MANDAMENTOS, Valores divinos para uma sociedade em constante mudança. Lição 13 – A Igreja e a Lei de Deus. I – O que significa “cumprir a Lei”?. 1. Completar a revelação. 2. Cumprimento das profecias. 3. O centro das escrituras. II – O Senhor Jesus viveu a Lei. 1. Preceitos cerimoniais. 2. Preceitos civis. 3. Preceitos morais. III – A Lei não pode ser revogada. 1. Jesus revela seu pensamento sobre a Lei. 2. “Até que o céu e a terra passem”. 3. O menor mandamento (Mt 5.19). IV – A Lei e o Evangelho. 1. O papel da Lei. 2. Jesus e Moisés estão do mesmo lado. 3. A justiça dos fariseus. Editora CPAD. Rio de Janeiro – RJ. 1° Trimestre de 2015.


Elaboração dos slides: Pastor, Ismael Pereira de Oliveira