Total de visualizações de página

PESSOAS QUE GOSTAM DESTE SITE

16 junho 2013

LIÇÃO 12 – A FAMÍLIA E A IGREJA




LIÇÃO 12 – A FAMÍLIA E A IGREJA


TEXTO ÁUREO
"Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do SENHOR!" (Sl 122.1).

VERDADE PRÁTICA
A igreja local é o melhor lugar para as famílias se reunirem e prestarem culto ao Senhor.


 INTRODUÇÃO
Num mundo de intensas mudanças e incertezas a Igreja é a única instituição em que o cristão e sua família podem contar. Lares sofrem terríveis ataques do inimigo, e muitas famílias não têm resistido, sucumbindo moral e espiritualmente às investidas malignas. Por isso a Igreja do Senhor, representada pela comunidade local, é o ponto de apoio espiritual e moral para a família. Ali se aperfeiçoam os relacionamentos entre os cônjuges, pais e filhos, avós e netos. A família cristã se desenvolve no dia a dia da igreja local.





I - FAMÍLIA: O ELEMENTO BÁSICO DA IGREJA

1. Sem a família a igreja não funciona. Não podemos ignorar a importância da igreja local junto à família, pois a saúde da igreja está diretamente ligada ao bem estar espiritual e moral da família. Uma igreja cujas famílias estão arruinadas espiritual e moralmente não terá condições de acolher os não crentes, nem terá autoridade para atuar junto à outras famílias na  comunidade em que está inserida.

A família fortalecida na igreja é tão importante que o apóstolo Paulo aconselhou o pastor Timóteo a respeito da qualidade de um candidato ao episcopado. O apóstolo destaca a relação do aspirante com a própria família: "Convém, pois, que o bispo [...] governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?)" (1 Tm  3.2,4,5). Aqui, ele expressa o impacto do relacionamento familiar com a funcionalidade da igreja local. Famílias desgovernadas, inevitavelmente, geram uma igreja sem direção.

2. A família como extensão da igreja. Além de a família ser o elemento básico da funcionalidade da igreja local, ela é a própria extensão desta. Descrevendo a respeito do culto doméstico, o saudoso pastor Estevam Ângelo disse: "Se a família quiser assistir a sete cultos a mais por semana, fazendo o culto doméstico, terá uma igreja em casa". É verdade! Além de cultuar a Deus, a família representará o reino divino na vizinhança, no bairro e no mundo. O próprio Jesus falou: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles” (Mt 18.20). Portanto, podemos fazer de nossa família uma extensão  da  Igreja de  Cristo e representar seu Reino neste mundo.







II - A IGREJA ACOLHENDO AS FAMÍLIAS

1. A natureza humana da igreja. A etimologia da palavra igreja remonta a natureza humana do Corpo de Cristo. Mateus 18.17 “E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano” e Atos 15.4 “Quando chegaram a Jerusalém, foram recebidos pela igreja e pelos apóstolos e anciãos e lhes anunciaram quão grandes coisas Deus tinha feito com eles” expressam ekklêsia (igreja) como reunião de pessoas, povo ou assembleia em nome do Senhor Jesus. É uma instituição composta de seres humanos dotados de sentimentos, desejos e volição. Nesse caso, a Igreja é "humana" em sua constituição e composição.

2. A dimensão relacional da igreja. Onde há pessoas, há relacionamentos. A Santíssima trindade nos mostra um Deus relacional. As trinas pessoas relacionam-se comunitária, intensa e espontaneamente (Mc 1.9-13) (Jo 5.17,19-28).  Assim, a igreja expressa a dimensão relacional da Santíssima trindade entre os seus membros. É ali, que a família cristã está habilitada a relacionar-se como Igreja de Cristo, tanto com o Pai (Mc 12.30) “Amarás, pois, ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento” como com o próximo (Mc 12.31) “E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes”. Assim, a igreja está pronta para acolher as famílias e suas idiossincrasias.

3. O relacionamento familiar na igreja. Não há dúvidas de que servir a Deus numa igreja local juntamente com toda a família é uma bênção. No entanto, para que este relacionamento continue a abençoar vidas é preciso zelar pelos seguintes princípios: (1) Na igreja local, a família não deve se fechar em si mesma; (2) Não deve haver motivações que desrespeitem a liderança constituída ou a qualquer outra pessoa; (3) A família deve investir tempo para se relacionar com outras famílias também.

4. A família do obreiro.  O exercício do ministério não dispensa o obreiro de sua responsabilidade como esposo e pai. Infelizmente, em algumas igrejas locais, é comum cobrarem da família do pastor um padrão de perfeição que nem o Evangelho preceitua. Prevenção ao pecado e vida de retidão na presença de Deus e diante da sociedade são atributos peculiares a toda família cristã. Porém, é preciso reafirmar que a família do pastor é igual à de qualquer outra pessoa. A esposa do pastor tem nome, e os filhos também, e precisam dos mesmos cuidados que as demais famílias da igreja precisam.







III - A FAMÍLIA NA IGREJA LOCAL

1. A comunhão da família. No Salmo 133.1 lemos: "Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!". Apesar de alguns pregadores interpretarem este texto de maneira alegórica, dando a ele uma simbologia espiritual, neste versículo o salmista Davi se refere à família de irmãos de sangue em crise, ou, de acordo com Matthew Henry, o homem segundo o coração de Deus escreve "esse salmo por ocasião da união entre as tribos quando todas elas se uniram unânimes para fazê-lo rei".  Logo, o Salmo davídico pronuncia a bênção para uma família que anda em comunhão: Irmãos e irmãs que vivem em paz no lar e fora dele são tão valiosos quanto o óleo que ungiu Arão, o sumo sacerdote. Numa casa pacífica e unida, as bênçãos do Senhor se manifestam.

2. Envolvendo-se com o Corpo de Cristo. A leitura bíblica em classe, particularmente os versículos 7,11,12,13  e  15, destaca o  exemplo de  familiares unidos pela causa do Evangelho. O apóstolo Paulo muito se contentou com o esforço empregado em cada família na causa do Reino de Deus. Quando a família sente-se alegre em ir à igreja para adorar a Deus é uma grande bênção (Sl 122.1) “Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”. Ela participa ativamente do culto e não se porta como mera assistente. São momentos preciosos que influenciarão a família por toda a vida.




3. Toda a família na Casa de Deus. A igreja local é o espaço religioso onde adoramos a Deus e proclamamos o Evangelho. Nada pode impedir este ideário cristão Por isso, a família chamada por Deus é convocada a depositar o seu talento na causa do Evangelho. No ensino, na pregação, na música ou qualquer outra atividade que vise pregar o Evangelho e edificar a Igreja de Cristo, a família cristã deve estar lá. Não deixe de ir aos cultos, à Escola Dominical e aos encontros da sua igreja. Esta rotina glorificará a Deus, e edificará você e a sua família.






 CONCLUSÃO
Na lição desta semana vimos que a família é o elemento básico da igreja local. Esta, por sua vez, deve ser uma comunidade acolhedora de famílias carentes. E a família chamada por Deus, tem o privilégio de servir ao Altíssimo juntamente com outras famílias numa igreja local. Aqui, somos ensinados, edificados e exortados a representar o Reino de Deus neste mundo moderno. Portanto, não perca tempo: envolva-se com a sua igreja local, pois esta precisa de você e toda a sua família.




_________________________

OBS: O tamanho original de cada slide é 28x19, para manter as proporções e qualidades dos slides sugerimos alterar o tamanho do seu slide no PowerPoint em “Design” e depois “Configurar página”.

Referências

Revista Lições Bíblicas. A FAMÍLIA CRISTÃ NO SÉCULO XXI, Protegendo seu lar dos ataques do inimigo. Lição 12 – A família e a Igreja. Texto áureo. Verdade prática. Introdução. I – Família: o elemento básico da Igreja. 1. Sem a família a igreja não funciona. 2. A família como extensão da igreja. II – A igreja acolhendo as famílias. 1. A natureza humana da igreja. 2. A dimensão relacional da igreja. 3. O relacionamento familiar na igreja. 4. A família do obreiro. III – A família na igreja local. 1. A comunhão da família. 2. Envolvendo-se com o Corpo de Cristo. 3. Toda a família na Casa de Deus.  Conclusão. Editora CPAD. Rio de Janeiro – RJ. 2° Trimestre de 2013.

14 comentários:

  1. SHALOM!!!

    Meu amigo Pr. Ismael,os lides cada vez melhor só o nosso Deus para te recompensar,obrigado por tudo.
    Tenha uma boa semana em nome de Jesus!!

    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo pastor Francinaldo, a Paz do Senhor Jesus! Obrigado pela deferência a esta lição! As imagens que lhe enviei foram suficiente para sua apresentação? Espero que tudo tenha transcorrido conforme as suas expectativas! Deus o abençoe ricamente! Continue orando por nós! Um grande abraço! Shalom!

      Excluir
  2. A paz do Senhor !
    Obrigado por tão belo trabalho prestado ao reino de Deus .
    Que o Eterno Deus te recompense . Para vossa meditação :
    " Vendo, pois, o seu senhor que o SENHOR estava com ele, e tudo o que fazia o SENHOR prosperava em sua mão,
    José achou graça em seus olhos, e servia-o; e ele o pôs sobre a sua casa, e entregou na sua mão tudo o que tinha. ( Gênesis 39:3-4).
    Assim seja com o prezado companheiro.
    Orando por vós !
    Pr Milton Souza ( A. Deus , Barra Mansa - R.J ) .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nobre amigo Pastor Milton Souza, a Paz do Senhor Jesus! Eu que agradeço ao senhor pelo constante apoio! Só o SENHOR poderá recompensá-lo pelas orações em nosso favor! Agradeço imensamente pelo cuidado e nos abençoar com versículos maravilhosos da Palavra de Deus! Que Jeová te faça resplandecer diante dos homens! Um grande abraço aos nossos irmãos de Barra Mansa - Rio de Janeiro! Desejo-lhe uma ótima semana! Shalom!

      Excluir
  3. A família e a igreja; ou poderiamos dizer "A família é uma igreja!" Pense nisto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo, pastor Julio César Martins, saudações em Cristo Jesus! Obrigado pela gentileza de sempre compartilhar conosco seus conhecimentos e sabedoria! Certamente sua afirmação é muito importante! Sem dúvida alguma podemos dizer que a família também é uma igreja! Esta lição é muito importante para todos os cristãos! Tenha uma ótima aula pastor! Um forte abraço!

      Excluir
  4. Parabens Deus te abencoe tudo comeca em casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudiomar Silva, saudações em Cristo Jesus nosso Senhor e Salvador! Obrigado pelo seu carinho e apoio! Volte sempre! Desejo-lhe uma ótima semana debaixo das ricas bênçãos de Deus! Um forte abraço! Shalom!

      Excluir
  5. Paz do Senhor Pastor Ismael.

    Agradeço a Deus pela sua vida, sou membro da Assembleia de Deus em Recife, coopero como professora da Escola Dominical na classe dos deficientes auditivos e seus slides tem me ajudado muito.

    Grata,
    Josélia Benevides

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professora Josélia Benevides, a Paz do Senhor Jesus! É uma honra muito grande saber que este trabalho está servindo na ministração da EBD nessa classe tão especial! Quero parabenizá-la pelo trabalho desenvolvido com toda essa dedicação, amor e zelo! Deus a abençoe ricamente! Transmita a nossa saudação calorosa e a nossa alegria aos seus alunos! Deus abençoe a todos! Um grande abraço!

      Excluir
  6. Obrigada, pois muito vai me ajudar na ministrção do próximo domingo,
    não sou a prof. mas foi-me solicitada para estar fazendo uso da mesma,
    e como temos pessoas muito bem preparadas estava muito preocupada,obrigada
    agora só me resta orar e falar no domingo grande abraço na paz do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professora Iolanda Maia, a Paz do Senhor! Eu que agradeço a Deus pela sua vida! São professores dedicados como você que abrilhantam a nossa querida Escola Dominical! Continue assim, haverá recompensa pelo seu trabalho no Reino de Deus! A EBD precisa de bons professores como você! Tenha uma ótima semana debaixo das bênçãos da proteção divina! Um grande abraço!

      Excluir
  7. De fato a Igreja do Senhor começa com a família e é muito mais abrangente do que uma organização religiosa ou sistema denominacional. Na verdade a Igreja de Cristo é composta por um organismo perfeito, mas infelizmente a maioria confunde isto com organização e chegam ao ponto do legalismo cristão de dizer: "minha igreja" sendo que o correto seria dizer: o movimento que confesso o Senhor Jesus é tal ...., pois a Igreja tem um único dono, aquele que não exitou em derramar seu sangue para nos remir de todo o pecado e nos libertar deste mundo.
    Parabenizo a você por esta porta, quero dizer este canal de evangelismo, propagação das boas novas de Cristo, através das lições da EBD. Sou fã e até fui coordenador da EBD no movimento aonde congregava, no período de 2000 a 2004.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz do Senhor professor "A Palavra"! Seja bem-vindo! Obrigado pela sua importante participação! Estou muito feliz em saber que você também é um instrumento de Deus nesse grande ministério do ensino! Deus o faça prosperar nesse ministério! Peço humildemente que lembre-se de orar por esse pequeno servo de Deus e este projeto voltado para a EBD. Espero que volte a participar mais vezes. Um grande abraço do vosso irmão em Cristo! Shalom!

      Excluir

Obrigado pela sua participação! Volte sempre!